top of page

Leia também:

  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

A consulta de emergência: você está preparado(a)?

Atualizado: 24 de mai.


A consulta de emergência - você está preparado(a)?
A consulta de emergência - você está preparado(a)?



Tratamentos extensos envolvendo enxertos (de tecido mole e duro) de todas as origens, implantes dentários de titânio ou zircônia, e próteses dentárias com os mais variados desenhos necessitam de um acompanhamento (follow-up) intenso, muito além dos habituais intervalos semestrais preconizados nos livros didáticos. Quando eu apenas ficava maravilhado com o tamanho dessas peças de metal e porcelana na graduação (e ansiava pelo dia em que a minha vez chegaria), simplesmente não compreendia o esforço e o tempo necessários para a tal “transformação”. Então, tive a chance de realizar os meus casos, e vi que além do aspecto técnico, uma resolução bem-sucedida também passava pelo controle do aspecto biológico.


É por isso que “casamos” com esses pacientes.


E se você tem a reabilitação oral como rotina, sabe também que precisa de uma caixa de ferramentas. Só é difícil dizer quando as emergências vão ocorrer. O dente natural é uma maravilha biológica, e mesmo que esteja hígido sua polpa pode inflamar e a raiz trincar.


Nos últimos 20 anos, a evolução nos materiais e tratamentos tem sido incrível. E a distância entre o que é lançado no mercado e testado clinicamente também. Mesmo assim, os tipos de emergências não dependem muito do material da marca A ou B: são universais. Este é o lado bom.


O lado ruim é que nem sempre a resolução de uma emergência vai terminar como você e seu paciente desejam.


E, ao compilarmos a lista dos itens mais comuns, em cada área da reabilitação oral, veremos que o nível de preparo necessário no século 21 é colossal, tamanha a dimensão multifatorial dos achados.


A lista à seguir não é definitiva, mas podemos considerá-la como o nosso "feijão com arroz":

 

  • Periodontia

- exposição da área enxertada

- rompimento/infecção da sutura

- abertura do retalho por excesso de tensão

- exposição/contaminação do biomaterial

- doença periodontal

 

  • Implantodontia

- infecção periimplantar

- recessão periimplantar

- perda óssea periimplantar

- fratura do implante dentário

- mobilidade implantar

- explantação (remoção do implante)

 

  • Prótese sobre implantes:

- soltura do parafuso da prótese

- soltura do parafuso do pilar

- fratura do pilar

- soltura da prótese

- desgaste do material estético da prótese

 

  • Prótese sobre dentes:

- cárie subgengival

- fratura da prótese

- soltura da prótese

- fratura radicular

- soltura do núcleo


É claro, ninguém está 100% preparado para lidar com todos os “itens do carrinho” acima.


Entretanto, no dia em que você finalizar o tratamento, eu recomendo agregar um resumo rápido, contendo os pontos/locais mais sensíveis, como essas restrições foram aliviadas temporariamente, e o que você acredita que pode acontecer num futuro próximo.


É uma forma de não ser pego por tantas emergências em reabilitação oral.

16 visualizações

Comments


bottom of page