top of page
  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

Anestesia: a descoberta que mudou os rumos da Odontologia e da Medicina


Cirurgias seriam impossíveis sem a anestesia.
Cirurgias seriam impossíveis sem a anestesia.

Reconheço que milhares de pessoas têm medo de visitar o cirurgião ou a cirurgiã-dentista. Afinal, ouvimos desde a infância que ir ao dentista não seria uma experiência agradável. Tudo porque remover uma cárie, fazer o tratamento endodôntico ou extrair o "dente do siso" poderia gerar um dor incomodativa e insuportável.


Ainda, alguns filmes ajudaram a popularizar este mito, como "A Pequena Loja dos Horrores" e alguns episódios do seriado "Os Três Patetas". Para fazer rir, os dentistas são esquisitos e amalucados, usando os mais diversos instrumentos pontiagudos para causar dor.



"A Pequena Loja de Horrores". Fonte: blogspot


Ao longo do tempo, essas piadas se propagaram, incluindo também o temor ao "barulho do motorzinho".


A dor é uma experiência provocada pela geração de estímulo físico (trauma) ou químico (substâncias nocivas). Os seres vivos possuem receptores para dor. Funcionam como alertas de que algo não está bem.


Os receptores para dor são muito específicos e enviam uma mensagem que chega ao cérebro bem atenuada, mas acusando dor.


Felizmente, a dor pode ser evitada com a técnica anestésica e a substância química correta.


Mas essa história começa para valer em 1846. São quase 180 anos

da primeira experiência para evitar a dor durante uma cirurgia.


A primeira substância anestésica demonstrada efetivamente foi o éter puro, líquido em temperatura ambiente, mas altamente volátil.


 

Mais interessante: esse procedimento foi realizado por um cirurgião-dentista formado e estudante do segundo ano de medicina (William T. G. Morton), em Boston.


No Hospital Geral de Massachusetts, na área conhecida como "The Dome", o primeiro paciente foi operado, sem necessidade de contenção física, consciente, respirando, mas sem sentir dor para remoção de um tumor no pescoço.


Uma nova era começava na Odontologia e na Medicina.

 


Na foto acima, o "Ether Dome". Fonte: https://www.massgeneral.org/anesthesia/news/ether-175


Então, não há qualquer motivo para ter medo do seu ou da sua dentista. As substâncias utilizadas atualmente têm ação local. O mecanismo fisiológico é muito simples: ela impede a condução do impulso nervoso.


Assim, você até pode sentir a pressão da ação do profissional, mas não sentir dor.


A anestesia é uma das grandes descobertas da Odontologia. Sem ela, seria impossível fazermos tratamentos endodônticos, cirurgias periodontais, colocarmos os implantes dentários, ou até mesmo os procedimentos bucomaxilofaciais.



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page