top of page
  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

Seis assuntos clássicos em Periodontia que todo protesista precisa ler

Atualizado: 1 de mar.




O quanto um protesista ganha ao conhecer e praticar a Periodontia? Posso dizer por experiência própria: um pote de ouro em conhecimento.


Olha: eu não caí da cama e descobri isso hoje não, tá certo?


Vocês podem citar o Prof. Dr. Niklaus Lang (Protesista, que vocês conhecem bem). Ao dar uma entrevista, em 2007 (Revista Dental Press Periodontia Implantol, v.1, n.3, p.10-24), ele disse que "foi iluminado pela Periodontia, a qual não conhecia em detalhes."


Concordo. Como militantes da Prótese Dentária, nosso cérebro fica treinado em mecânica: angulação e quantidade de desgaste ao utilizar as pontas diamantadas, a conicidade dos preparos, o reembasamento das coroas provisórias, ajuste oclusal, polimento da prótese definitiva, etc.


Entretanto, pensamos muito antes de prepararmos um dente porque sua angulação pode nos levar ao desgaste desnecessário da estrutura, o tamanho da câmara pulpar pode ser impeditivo, etc.


Mas os dentes dos nossos pacientes não são tão alinhados quanto nos livros didáticos, certo? Apinhamento, trespasses horizontal e vertical acentuados, lesões cariosas subgengivais, restaurações antigas e com sobrecontorno são características comuns, à menos que os seus pacientes frequentem um programa de prevenção desde à infância.


Por um lado, alguns problemas anatômicos nos impedem de fazer um preparo adequado, e por consequência, o afastamento gengival e a moldagem consistente com o que o profissional de laboratório precisa para fabricar as restaurações.


Por outro lado, algumas deficiências anatômicas, à primeira vista, nos deixavam como única opção a sua obliteração física (pela flange ou região cervical da prótese).


E, como disse o Prof. Lang, "eu ainda gosto da Prótese, mas com um olhar de Periodontista".


Abaixo, seis assuntos que todo protesista deveria ter como referência em Periodontia, com as respectivas fontes:



  • As distâncias biológicas & região anterior & fio de afastamento para moldagem


Gargiulo AW, Wentz FM, Orban B. Dimensions and relations of the dentogingival junction in human. J Periodont. 1961;32(3):261-7.


Ingber JS, Rose LF, Coslet JG. The "biologic width": a concept in periodontics and restorative dentistry. Alpha Omegan. 1977;70:60-5.

Kois J. Altering gingival levels: The restorative connection, Part 1: Biologic Variables. J Esthet Dent. 1994;6:3-9

 

  • O aumento de coroa clínica:


Carnevale G, Sterratino SF, Di Febo G. Soft and hard tissue wound healing following tooth preparation to the alveolar crest. Int J Periodont Restor Dent. 1983;3(6):37-53.


Becker W, Ochsenbein C, Becker BE. Crown lengthening: the periodontal-restorative connection. Compend Contin Educ Dent. 1988;19(3):239-240, 242,244,246.


Pontoriero R, Carnevale G. Surgical crown lengthening: a 12-month clinical wound healing study. J Periodont. 2001;72:841-8.


 

  • A interface alvéolo-restauração:


Ross SE, Gargiulo A. The surgical management of the restorative-alveolar interface. Int J Periodontics Restorative Dent 1982;2(3):8-31.


Ross SE, Gargiulo A, Crossetti WH, Phillips DJ. The surgical management of the restorative-alveolar interface (II). Int J Periodontics Restorative Dent 1983;3(4):8-19.


 

  • A extrusão ortodôntica controlada:


Ingber JS. Forced eruption: alteration of soft tissue cosmetic deformities. Int J Periodontics Restorative Dent 1989;9(6):416-425.


Ingber JS. Forced eruption (part II). A method of treating nonrestorable teeth - Periodontal and restorative considerations. J Periodontol 1976;47(4):203-16.


 

  • Rebordo alveolar & problemas estéticos na prótese fixa:


Seibert JS. Ridge aumentation to enhance esthetics in fixed prosthetic treatment. Compend Contin Educ Dent 1991;12(8):548, 550, 552.


 

  • O fenótipo periodontal:


Olsson M, Lindhe J. Periodontal characteristics in individuals with varying form of the upper central incisors. J Clin Periodontol 1991;18(1):78-82.



 


Comments


bottom of page