top of page
  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

Dr. Rodrigo Bizeli, muito obrigado!

Atualizado: 5 de mai. de 2023

Em 7 de abril de 2020, pedi ao nosso médico de família para escrever neste blog que acabara de nascer:


"A sensação olfativa e a COVID-19"


"Boa tarde a todos! Meu nome é RODRIGO BIZELI, medico otorrinolaringologista formado pela Faculdade de Medicina da USP-SÃO PAULO, e vou fazer um breve comentário sobre hiposmia como sinal clínico da COVID-19. Sabe-se que quando há um processo gripal qualquer, um resfriado, nosso nariz fica congestionado, com saída de secreção hialina ou catarral e não surpreende que nosso olfato seja prejudicado por conta do próprio edema de mucosa decorrente do processo infeccioso. Porém, notou-se com o advento da pandemia por coronavírus, um aumento repentino de casos de hiposmia e anosmia isolada, ou seja, não havia obstrução nasal, rinorreia ou qualquer outro sintoma exceto a queda na sensação olfativa. A aposta dos especialistas britânicos é que a covid-19 afete os filetes nervosos olfativos do nariz, impedindo-os de funcionar como deveriam. Isso é extremamente importante pois muitos pacientes não apresentam sintomas e sinais gripais e apenas a hiposmia e já possuem alta carga viral e são transmissores em potencial e são de certa forma deixados de lado em relação às testes de confirmação diagnóstica. Nosso conselho é na eventualidade de termos um sintoma como diminuição ou ausência de olfato ou paladar, procure uma orientação médica adequada independente de qualquer outro sintoma respiratório como os já amplamente difundidos: dispneia (falta de ar), tosse e febre. Um grande abraço a todos.”



Dr. Rodrigo Bizeli

Médico Otorrinolaringologista

Formado pela Faculdade de Medicina da USP- SP


Mais de um ano depois, só posso dizer muito obrigado ao Rodrigo, porque seu alerta salvou as vidas de milhares de pessoas!


bottom of page