top of page
  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

Quais revistas precisamos ler na área da reabilitação oral?


O hábito da leitura é o coração da pós-graduação.
O hábito da leitura é o coração da pós-graduação.



Alunos e alunas dos cursos de especialização, mestrado ou doutorado (estrito e lato senso) precisam ler todos os dias. Embora não exista uma regra para isso, considerando a quantidade de informação disponível, um ou dois artigos para manter o ritmo.


E mesmo que você seja um clínico geral, em algum momento, decidindo ou não fazer a sua pós-graduação, sentirá necessidade de ler assuntos específicos.


O Brasil congrega essas revistas (os famosos periódicos científicos) em bases de dados, sendo o Portal de Periódicos CAPES a fonte principal.


Ainda, alunos e ex-alunos das universidades públicas, quando entram no programa Alumni, têm acesso remoto às revistas.


E existem três especialidades odontológicas que, somadas, formam as bases da reabilitação oral: a Prótese, a Periodontia e a Implantodontia.


Uma dúvida frequente: o que ler na área da reabilitação oral?

Outra dúvida frequente: quantas revistas eu preciso ler na área?


Para responder à primeira dúvida, deixo uma pequena lista de alguns periódicos nacionais e internacionais, com suas respectivas datas de criação, consideradas ferramentas importantes para quem trabalha na área da Reabilitação Oral:



The Journal of Prosthetic Dentistry (1951): voltada aos temas em prótese e materiais relacionados, trabalhos clínicos, pesquisa básica e pesquisa clínica.


Journal of Periodontal Research (1966): pesquisa básica em Periodontia.


Journal of Periodontology (1970): pesquisa clínica, séries de casos, relatos de casos em Periodontia.


Journal of Dentistry (1972): multidisciplinar.


Journal of Oral Rehabilitation (1974): Prótese, ATM, oclusão.


Journal of Clinical Periodontology (1974): Periodontia.


Journal of Oral Implantology (1977): pioneira em temas da Implantodontia.


The International Journal of Periodontics and Restorative Dentistry (1981): Pesquisa em Periodontia clínica.


Dental Materials (1985): pesquisa básica em propriedades físicas e mecânicas dos materiais dentários.


International Journal of Oral and Maxillofacial Implants (1986): pesquisa básica e clínica em Implantodontia.


The International Journal of Prosthodontics (1988): pesquisa básica e clínica em Prótese convencional e sobre Implantes.


Brazilian Dental Journal (1990): multidisciplinar.


Clinical Oral Implants Research (1990): pesquisa básica e clínica em Implantodontia.


Journal of Prosthodontics (1992): pesquisa básica em prótese convencional e sobre implantes.


Implant Dentistry (1992): pesquisa básica e séries de casos em Implantodontia.


Periodontology 2000 (1993): monografias em Periodontia e Implantodontia.


Clinical Implant Dentistry and Related Research (1999): pesquisa básica e clínica em Implantodontia.


Brazilian Oral Research (SBPqO) (2004): multidisciplinar em pesquisa básica.


Revista ImplantNews (2004): prótese, periodontia, implantodontia.


Para responder à segunda dúvida: não existe uma quantidade ideal. Por exemplo, a lista acima tem mais de 20 sugestões. Entretanto, tudo depende da sua área de interesse e curiosidade.


Boas leituras!

תגובות


bottom of page