top of page

Leia também:

  • Foto do escritor PAULO ROSSETTI

O que significa a acurácia na Odontologia? A cirurgia guiada e o escaneamento intraoral

Acurácia é um termo definido até pela International Standards Organization (ISO). Qualquer colega que leia a ISO 5725 vai verificar que a acurácia é a somatória da veracidade e da precisão.


Então, vamos analisar o que são cada uma das partes:


Veracidade: é a diferença entre aquilo que você planejou e aquilo que você conseguiu. Imagine que você salta de paraquedas e consegue atingir o centro do alvo pelo menos umas três vezes.

Veracidade: quando se planeja e acerta o centro do alvo
Veracidade: quando se planeja e acerta o centro do alvo.

Por um momento, vamos trocar a palavra "veracidade" por "média", representando a somatória dos seus acertos pelo número de saltos que você deu. Se estiver caindo sempre no centro, de forma repetida ou bem perto dele, esse é o seu grau de veracidade. Em inglês, essa palavra é conhecida como trueness.



Precisão: é o espalhamento entre os diversos resultados que você obteve.

Precisão: a distância entre os seus saltos
Precisão: a distância entre os seus saltos

Por um momento, vamos trocar a palavra "precisão" por "dispersão". Olhando para todos os saltos que você já deu, o que podemos dizer? Os pontos estão mais pertos, como um cardume de peixes, ou mais afastados?


E qual seria o melhor dos mundos?


Acertar bem perto do centro do alvo (veracidade) quase todas as vezes, com dispersão mínima entre os pontos (precisão).

A soma da veracidade com a precisão representa a acurácia.

Nada mais natural, na Odontologia, do que estudar a acurácia da cirurgia guiada e, agora, do escaneamento intraoral.


Na primeira situação, temos um caminho maior percorrido, com desvios que variam em poucos graus e milímetros, conforme o tipo de guia cirúrgico (dento ou mucossuportado) e a altura das anilhas. O resultados clínicos estão bem satisfatórios.


Na segunda situação, temos uma tecnologia em constante mudança, onde são detectados itens para melhorar a sua acurácia especialmente na prótese sobre implantes:


  • a influência da luminosidade local no escaneamento

  • o padrão de escaneamento

  • o tipo de scanbody (material e geometria)

  • a distância entre os implantes

  • a esplintagem entre os implantes

  • a arcada (maxila, mandíbula)

  • posição do elemento escaneado

  • distância entre o elemento escaneado e o implante


Estamos apenas no começo desta novela. São poucos estudos. Há necessidade de maior comprovação clínica.


E para não perder todos os capítulos, veja como é fácil entrar no mundo digital.


Comments


bottom of page